O Corcunda Quaquá


Quaquá é um rapaz que vive recluso no campanário de uma catedral. Ele é alto e forte, mas sofre com deformidades físicas e também perdeu a audição ao tocar os sinos da igreja. Seus amigos imaginários são os falantes Gárgula, uma estátua alada, e Belém, o sino principal da catedral. Seu padrasto, o perverso Rollo, esconde um terrível segredo e impede que o rapaz conviva com as pessoas da cidade. Porém, durante a festa do Dia de Reis, ele aparece na praça e vence, involuntariamente, o concurso da máscara mais horrenda da festa, sendo eleito e coroado o Rei dos Bobos. A bela cigana Esmeralda encanta a todos ao dançar para esse novo rei bufão. Entre seus admiradores estão o Soldado Sol e o próprio Rollo. Depois de sofrer com a zombaria do público, ao perceber que ele não usava máscara nenhuma, Quaquá é repreendido por Rollo e volta para a torre onde recebe a visita de Esmeralda, que lhe trata com naturalidade e afeto. Rollo fica furioso com a audácia da jovem em invadir o esconderijo e manda prendê-la. O Soldado Sol também é preso ao tentar salvar a amada. Somente o corcunda Quaquá pode libertá-los, mas para isso terá que descobrir o segredo de Rollo e se envolver em uma grande enrascada, cheia de humor e aventura.

©2019 Viradalata - Espaço Capital LTDA-ME. Todos os direitos reservados.